? ºC Cuiabá - MT
? ºC Sinop - MT
? ºC Rondonópolis - MT
? ºC Barra do Garças - MT
Banner site

Documentos

28/06/2022 18:35

Projeto de LTCAT

No dia 07 de junho de 2022, o SINTUF- MT esteve reunido com a CASS (Coordenação de Assistência Social e Saúde dos Servidores da UFMT), onde foi apresentado o Projeto: “Institucionalização dos Laudos Técnicos das Condições Ambientais de Trabalho e das Melhorias das Condições de Trabalho na UFMT” pela Coordenadora da CASS Priscilla Baleroni Cajal e pela Supervisora da SHSMT (Supervisão de Higiene Segurança e Medicina do Trabalho) Nara Regina Fava. Estiveram presentes representando o SINTUF MT: Luzia Machado de Melo, Léia de Souza Oliveira, Elisete Maria Carvalho Silva Hurtado, Gisele Marques Lopes e Ivete Correa da Cruz e Antônio Benedito Assunção. 

Nara iniciou a apresentação falando da importância da UFMT ter um projeto de LTCAT institucionalizado e com as diretrizes que já estão sendo utilizadas, pois o trabalho já está sendo realizado. Teve início no CUA (Centro Universitário do Araguaia). Após a apresentação foi feito alguns questionamentos e algumas perguntas a equipe da CASS.

 Entendemos que a institucionalização do LTCAT é de suma importância para a UFMT e seus servidores, o monitoramento, as informações irão contribuir muito para a análise das concessões e também para as correções dos adicionais. Pois para o Sindicato a questão do LTCAT e exames periódicos é uma reivindicação antiga e que ainda hoje essa pauta se faz necessária, principalmente no Conselho Universitário (Consuni), para que possa discutir a questão orçamentaria com fins de normatizar e deliberar a Política Institucional de Saúde do Trabalhador no âmbito UFMT.

O SINTUF ressaltou sua preocupação com o bem-estar físico e mental dos servidores em seus ambientes de trabalho, e perguntou quando a UFMT vai fazer a eleição para a CISSP (Comissão Interna de Saúde do Servidor Público)? A Coordenadora da CASS, senhora Priscilla, esclareceu a importância da instalação da CISSP, e que já estão tomando os devidos encaminhamentos para fazer nova chamada de composição da comissão, esclareceu que em 2018 houve uma chamada, porém, não teve membros suficientes para a implantação desta.

 O Sindicato frisou a importância e cuidado ao analisar os ambientes como as bibliotecas, que já está comprovado que o ambiente é insalubre em que os trabalhadores estão expostos, mas que até o momento estão aguardando decisão judicial para receber o adicional a que fazem jus. Ressaltou a importância do cuidado com o servidor que atua em ambiente insalubre e expôs que há ambiente insalubre nos prédios da UFMT, os ambientes internos estão tomados por gatos, pombos e animais silvestres que são atraídos pelos alimentos colocados nos corredores dos blocos.  O problema está gerando crise sanitária dentro da UFMT, portanto, é de extrema precisão campanhas preventivas e eficazes, bem como medidas cabíveis (sanitização de ambientes, dedetizações, desratização, controle de pombos e pragas) para solucionar a questão.

O SINTUF destacou a relevância de ações periódicas nos setores, e para isso é necessário que seja feito um cronograma, destacou também a necessidade de se fazer a atualização cadastral dos setores dentro da UFMT. Como já foi feito em gestão anteriores, com a PROAD/SGP e SINTUF. Deste modo, o sindicato orienta aos servidores técnicos que estejam atentos à data de visita que será encaminhada às chefias imediatas.

O Sindicato está acompanhando o desenvolvimento do projeto LTCAT, e coloca-se à disposição dos servidores técnicos administrativos, para esclarecer dúvidas, e também acatar sugestões.


CHÁCARA DO SINTUF

Redes Sociais

Sintuf-MT

Av. Fernando Corrêa da Costa, s/nº. - Campus Universitário - Coxipó - MT - 78060-900

Tel: (65) 3028-2924 - (65) 3028-2925

E-mail: [email protected] 

Atendimento:  07h30 às 18 horas 

SEDE DO SINTUF-MT

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo