Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 22 de setembro de 2018 - 07:44

Notícias

22/05/2018 11:09

Trabalhadores da UFMT farão panfletagem nesta quarta-feira (23)

Os trabalhadores da UFMT aprovaram realizar um Dia de Luta nesta quarta-feira (23.05). Eles cobram que o Governo Federal inicie o processo de negociação salarial e coloque fim a sua política de cortes orçamentários na educação. Os técnicos administrativos farão a concentração na sede do Sintuf-MT às 08 horas, logo em seguida, farão uma panfletagem dentro do campus chamando atenção para pauta de reivindicações.

VEJA AQUI A GALERIA DE IMAGENS

Nossa Campanha Salarial tem como eixo principal a defesa dos serviços públicos com qualidade para a população. O presidente golpista Temer vem ameaçando e retirando nossos direitos desde a aprovação da Emenda Constitucional 95, que congelou os investimentos públicos até 2036. Ele busca privatizar as universidades após o seu sucateamento, isso com a terceirização ampla e irrestrita já aprovada. Temos que lutar agora para garantir a continuidade da universidade pública”, destacou a coordenadora geral do SIntuf, Luzia Melo.

Segundo a também coordenadora sindical, Marilin Castro, o Dia de Luta dos trabalhadores da UFMT fará parte da conjuntura nacional de luta. “No dia 23 de maio várias entidades dos Servidores Públicos Federais (SPF) realizarão uma ampla campanha de denúncia contra o governo Temer e seu caráter reacionário. Num total descaso com os servidores e as servidoras, o governo golpista de Michel Temer sequer teve o mínimo de sensibilidade para o quadro de arrocho e desvalorização das carreiras e tabelas salariais do funcionalismo federal”.

Após análise de conjuntura, os trabalhadores presentes na assembleia decidiram não paralisar suas atividades na quarta-feira (23), fazendo o Dia de Luta. Porém, uma paralisação no dia 07 de junho foi confirmada com objetivo de maior mobilização e ampliar a pressão pelas pautas internas e externas de reivindicações.

Jornada Contínua

A Assembleia Geral dos Trabalhadores da UFMT também contou com informes sobre a implantação da Jornada Contínua. Eles decidiram manter a cobrança para que a resolução que regulamenta a implantação da jornada seja efetivamente colocada em votação no Consuni. Coube a coordenadora de Administração do Sintuf, Leia de Souza, passar o informe. “A reitora Mirian fez o compromisso de colocar esta pauta em votação até o dia 06 de junho. Estamos trabalhando muito para ampliar esta conquista a mais setores da UFMT”.


CHÁCARA DO SINTUF

Redes Sociais

Sintuf-MT

Av. Fernando Corrêa da Costa, s/nº. - Campus Universitário - Coxipó - MT - 78060-900

Tel: (65) 3028-2924 | Fax: (65) 3028-2925

E-MAIL:

sintuf@terra.com.br 

SEDE DO SINTUF-MT

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo