? ºC Cuiabá - MT
? ºC Sinop - MT
? ºC Rondonópolis - MT
? ºC Barra do Garças - MT

Artigos

Eles não podem ficar impunes de novo

Nos últimos quatro anos o Brasil sofreu novamente com um governo civil militar, desta vez eleito pelas urnas em 2018, porém com a mesma ideologia que aterrorizou o Brasil durante 21 anos (1964-1985) no poder. O número de crimes do governo Bolsonaro é incontável, assim como os cometidos pela ditadura civil militar brasileira.
Desde os anos 80, a FASUBRA é parceira da luta pela memória, verdade e justiça em nosso país, busca a investigação e punição dos crimes da ditadura: como prisões, tortura, assassinatos e corrupção. Os militares se mantiveram no poder por meio de crimes, perseguindo qualquer um que questionasse o sistema de governo imposto a partir do golpe de 1964 e buscando a extinção de seus opositores.

A impunidade conquistada pelos militares trouxe severas consequências para o nosso país, com heranças malditas como, por exemplo, o policiamento ostensivo militarizado que comete uma série de abusos contra a população civil e os movimentos sociais: como prisões arbitrárias, espancamentos, tortura, assassinatos, criminalizando cidadãs e cidadãos pela sua condição social, cor da pele ou credo. Este lixo autoritário também deu origem às milícias que buscam poder econômico e político por meio do banditismo, explorando economicamente a população e explorando, inclusive, o tráfico de drogas. As ações golpistas e terroristas de hoje buscam construir uma nova ditadura militar, com o fim das eleições diretas, e também são consequências da falta de justiça frente aos crimes da ditadura.


O governo Bolsonaro exaltou os criminosos do passado, buscou acumular forças para fechar o regime politico e dar fim à oposição política existente. Durante este período foi responsável por milhares de mortes pela Covid-19, pelo aumento substancial da destruição ambiental e do genocídio da população negra e dos povos originários, além de incontáveis casos de corrupção e da destruição dos serviços públicos que a população mais precisa como saúde, educação, cultura, alimentação e moradia. O Brasil voltou ao mapa da fome, com cerca de 33 milhões de pessoas nessa condição.


A FASUBRA exigirá a investigação até o fim dos crimes contra o Brasil e o seu povo, com a devida punição de todos que forem declarados culpados. A impunidade neste momento só beneficiará que crimes continuem sendo cometidos e fará com que o país sofra novamente com governos de índole autoritária e fascista. Não aceitaremos qualquer projeto de lei que venha anistiar os crimes cometidos, nem que venha a conceder foro privilegiado a Bolsonaro e qualquer outro integrante de seu governo com o único intuito de buscar a impunidade.


FASUBRA
Dezembro de 2022


Ele não pode ficar impune!
Investigação já!


CHÁCARA DO SINTUF

Redes Sociais

Sintuf-MT

Av. Fernando Corrêa da Costa, s/nº. - Campus Universitário - Coxipó - MT - 78060-900

Tel: (65) 3028-2924 - (65) 3028-2925

E-mail: [email protected] 

Atendimento:  07h30 às 18 horas 

SEDE DO SINTUF-MT

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo